Em posse, presidente da Aciap destaca Observatório Social de SJP

Blog Single
A Associação Empresarial de São José dos Pinhais (Aciap) é a maior instituição de São José dos Pinhais e começa a gestão 2017-2018 com uma grande novidade em prol da cidadania. A chamada Casa do Empresário, vinculada a marcas como Sebrae e Sesi, passa a abrigar o Observatório Social. Trata-se de um núcleo regional do Observatório Social do Brasil, que funciona sem qualquer repasse público, até porque uma das atribuições é a fiscalização e envio de relatórios, por exemplo, à Justiça, quanto aos gastos e trabalho de prefeitos e vereadores. A parceria foi elogiada durante a posse do presidente da Aciap, Claudemir Gibrim, reeleito ao mandato nos próximos dois anos, na última segunda (16), em coquetel no Centro de Convenções da Infraero, no Aeroporto Afonso Pena.

“A atenção com as contas públicas e incentivo para que as empresas locais participem dos processos licitatórios aumentam a renda das cidades. Um caso de sucesso é no município de Três Rios, no Rio de Janeiro. As empresas locais passaram a fornecer a maioria dos produtos e serviços, ampliando a participação na compra pública de 20% para 75%, gerando imediatamente mais empregos. Esta referência no RJ será trabalhada no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de São José dos Pinhais (Codes) a ser criado e no Observatório Social de São José dos Pinhais em operação e com ótimos resultados”, comenta Claudemir Gibrim.

O presidente do Observatório Social de São José dos Pinhais é o ex-presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Carlos Vanderlei Muhlstedt. “Agradecemos aos empresários que subsidiam o funcionamento do Observatório no município. Ano passado, fomos contemplados na Câmara Municipal com Título de Utilidade Pública, o que nos credencia como entidade do terceiro setor comprometida com a transparência na avaliação da gestão pública”, diz Vanderlei Muhlstedt.

A parte de atendimento e condução das demandas é com Biberson da Silva. “Em poucos meses, realizamos uma denúncia sobre a Unidade 24h do Afonso Pena que foi entregue, mas não tinha sido aberta para a comunidade. Recorremos ao Ministério Público para que o Município tomasse as medidas cabíveis e unidade foi aberta. Com algumas intervenções, conseguimos recomendações feitas pelo Ministério Público para a inclusão da Educação Ambiental nas Políticas Públicas das Escolas, e outra que adequasse a Legislação do Conselho Municipal de Educação para participação de pais e alunos. Também encaminhamos para a Câmara de Vereadores o Ofício 03/2016 pedindo mais divulgação nos canais dos atos das sessões e a Ordem do Dia. Sugerimos a criação do Conselho Municipal de Transporte Coletivo, o qual foi aprovado, entre outras questões”, resume Biberson Silva. Informações 99611-9169, sjpinhais@osbrasil.org.br e na Aciap (3525-0801).


Mais dinheiro para a Saúde
Há quase três anos, quando a implantação do OS em SJP era apenas uma ideia, o PautaSJP.com entrevistou a vice estadual da entidade. “Basicamente, emitimos relatórios após três fases de concorrência pública. Ficamos atentos aos editais de licitação, divulgamos os processos de compras, principalmente para as empresas da região, o que sempre diminui o preço final, e monitoramos a entrega dos produtos e execução dos serviços. Isto serve para as capitais e municípios pequenos. Em Goioerê, cidade no centro-oeste com cerca de 30 mil habitantes e arrecadação perto de R$ 40 milhões por ano, com o Observatório Social em 2011, houve uma economia de R$ 4,2 milhão, e a população pediu que a Prefeitura aplicasse essa diferença na Saúde”, exemplificou na época, Ney Ribas, vice-presidente do Observatório Social do Paraná.

Diretoria Executiva da Aciap 2017-2018
Presidente Claudemir Gibrim; vice-presidente Sidnei Jocemir Nascimento; diretor Administrativo e Patrimonial Claudinei Alves; diretor de Indústria Alexandre de Souza Cardoso; diretor de Comércio Luciano Alexandre Haluch; diretor de Agricultura Edilson Antonio Catapan; diretor de Prestação de Serviços e de Profissionais Liberais Luis Afonso Ferreira da Cruz Scarpin; diretor Jurídico Carlos Vanderlei Muhlstedt; diretor de Assuntos do SCPC, Wellington Padilha; diretor das Câmaras Setoriais Damerson Zanette; diretor de Comunicação Kleber Rogério Obladen Foggiatto; diretora do Conselho da Mulher Empresária Valéria Ellemberger Amorim; 1ª secretária Solange Gibrim; 2ª secretária Isa Yukari Imay; 1° tesoureiro Valdecir Neves Ribeiro; e 2° tesoureiro Enio Murilo Dal Negro.

Conselho Fiscal
Titulares: Adilson Aparecido Matoso, Jaime Luiz Berton Sens e Carlos Roberto Pereira. Suplentes: Igor Pereira, Eroisa Limarcela Alves e Rafael Moreski.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: