A limpeza correta do lixo doméstico e na rua evita o aedes aegypti


PautaSJP.com traz série de três reportagens sobre a importância da prevenção antes do verão, incluindo a coleta de recipientes que possam manter o ciclo do mosquito

Blog Single Ademir da Silva, morador do bairro Jardim Itália, recebeu informações de prevenção com o diretor do Decam, Ahirton Sdroiesk Junior
O combate ao mosquito aedes aegypti não deve ocorrer somente no período de calor, mas também nas épocas frias. Entre as orientações propagadas pela Prefeitura de São José dos Pinhais, o cuidado com o acúmulo de lixo doméstico e nos terrenos baldios e demais áreas de risco. O ciclo do mosquito da Dengue, sendo, da fase adulta para os ovos, depois como larva e a pupa, até o inseto picar as pessoas, é monitorado por departamentos integrados, como a Vigilância Sanitária e o de Controle Ambiental.

“Existem os perigos nos vasos de jardins e recipientes jogados em lugares abertos, que colocam os residentes destes locais diretamente em risco, e o lixo acumulado nas ruas que deixa todos os moradores em risco. O Departamento de Controle Ambiental (Decam) faz o monitoramento da coleta e recolhimento do que pode gerar focos da presença do aedes aegypti. Ainda buscamos parcerias com as associações de bairros para que os cidadãos nos ajudem na prevenção e não apareçam os lixões”, comenta Ahirton Sdroiesk Junior, diretor do Decam.

Ademir de Jesus da Silva é morador no bairro Jardim Itália há 20 anos e trabalha em uma indústria na área de metal mecânica. Ele sempre recolhe e separa resíduos. “Eu tenho um carrinho de mão e vou juntando para repassar para as associações de catadores, tanto para evitar a dengue como para destinar o lixo reciclável e orgânico, por isso, também tenho a horta”, diz Ademir, que mantém uma pequena produção de verduras. “O que é resto de comida que encontro eu faço adubo natural. Não vendo o que planto, quem quiser me avisa e eu entrego de graça”, avisa Ademir de Jesus Silva.


Dengue – Zika - Chikungunya
Além da Dengue, as orientações quanto ao aedes aegypti evitam a presença do mosquito e possível morte das pessoas, por infecção, também pelo vírus da Zika e da Chikungunya.
A Dengue gera febre alta, dor de cabeça e no corpo, fraqueza, dor nos olhos, manchas e erupções na pele, náuseas e vômitos.
Na Chikungunya são sintomas parecidos mais manchas vermelhas na pele.
No caso da Zyka, também joelhos e tornozelos inchados.


Dicas de Segurança e Lixo
- garrafas com boca para baixo de forma que o líquido escorra;
- não acumular recipientes, destinar para pontos de coleta dos caminhões de reciclável da Prefeitura ou nas associações de recicláveis (conferir endereços abaixo);
- tonéis, baldes, barris, caixa de água e similares com tampas;
- calhas, canos e ralos desentupidos;
- pneus guardados sem água em lugares secos;
- pratinhos de vasos com esponjas e areia;
- lixeiras com sacos plásticos e tampadas;


Recebimento de Recicláveis
Reciclar - Associação dos Trabalhadores com Materiais Recicláveis e Meio Ambiente de São Jose dos Pinhais. Endereço: Rua Morretes, 195 – Bairro Vila Braga/Jardim Itália. Telefones: 99664-1726 / 99722-3996).
Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Semente do Amanhã. Endereço: Rua Pedro Trevisan, 249 – Jardim Itália – próximo ao Jacomar. Telefones: 3383-6896 / 99725-7284.
Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Moranguinho. Endereço: Rua João Zarpelon, 777 (02 módulos geminados) Bairro Costeira. Telefones: 999231-9300.
Associação de catadores de Materiais Recicláveis Sociedade Unida. Endereço: Rua João Alves Ferreira, 662 – São Marcos. Telefones: 99822-9253.


Secretaria Municipal de Meio Ambiente
SEMMA – Divisão de Disposição de Resíduos e Recicláveis. Endereço: Rua Senador Souza Naves, 420, Centro. Telefone: 3382-5209. E-mail: semma@sjp.pr.gov.br.

PautaSJP.com e informações da campanha da Pref. SJP

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: