Comec faz reunião sobre ciclistas que pegam ônibus nos terminais


Em São José dos Pinhais, local destinado para as bicicletas também é lugar em que estacionam indevidamente motos

Blog Single Para-ciclos no Terminal SJP ficam expostos o que inviabiliza a segurança
Os ciclistas em deslocamento ao trabalho ou lazer poderiam, como ocorre em muitos países de primeiro mundo, parar com as bicicletas nos terminais para pegarem ônibus e depois retornarem para suas casas de forma integrada quanto aos modais. Entre as vantagens, não usar carro e deixar as bikes em local apropriado. A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), órgão do governo do Paraná, recebeu representantes da Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu para debater o tema.

O presidente da instituição, Gilson Santos, e o diretor geral, Raphael Rolim, se encontraram com o coordenador geral da Ciclo Iguaçu, Fernando Rosenbaum, e o conselheiro consultivo, Antônio Miranda, para tratar da viabilização de estudo de implementação de bicicletários ou para-ciclos nos terminais de ônibus da RMC, sob gestão da Comec, como o Terminal de São José dos Pinhais. Bicicletário tem estrutura como bancos, ferramentas e armários. Para-ciclos é o que mantém a bike em pé.

Em um levantamento realizado pela Comec no início deste ano, foi identificado que alguns terminais possuem locais e faltam espaços. Porém, em outros terminais, não são utilizados ou não há este tipo de estrutura.

“O objetivo é identificar o que precisa ser ampliado, implementado e saber porque em alguns terminais não é utilizado, levando em consideração inclusive a parte viária para se chegar ao terminal”, diz Gilson Santos. Raphael Rolim acrescentou que o contato com a Ciclo Iguaçu é de integração dos dois modais para soluções realmente efetivas aos usuários de ambos os sistemas que usam os 15 terminais administrados pela Comec.

PautaSJP.com e informações da Comec

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: