Ampliado prazo de cartões metropolitanos de isenção por deficiência


Antes, na Região Metropolitana de Curitiba, usuários tinham que comparecer anualmente na fiscalização

Blog Single Entre os presentes no anúncio, a portadora de Atrofia Muscular Espinhal, a cantora e cadeirante Amanda Lyra
O governo do Estado e a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) oficializaram, no Palácio das Araucárias, a portaria nº 15/2019 que amplia o prazo de validade dos cartões de ônibus da Rede Integrada de Transporte – RIT, com isenção para pessoas com deficiência. Atualmente, o prazo de validade dos cartões é de um ano, o que exige dos usuários o comparecimento a cada 12 meses à Central de Atendimento da Metrocard (empresa que opera o transporte metropolitano), munido de documentos, para solicitar renovação. Com a nova portaria, o prazo passa a ser de quatro anos. No caso de pessoa com doença crônica, a validade do cartão será de dois anos.

Entre os presentes na formalização, a portadora de Atrofia Muscular Espinhal, a cantora e cadeirante Amanda Lyra. “Tive a palavra como representante de pessoas com deficiências e as entidades relacionadas. Lutamos pela acessibilidade, dignidade e respeito às pessoas”, comentou a compositora, que é criadora do Projeto SoLyra que une música e acessibilidade.

De acordo com a Comec, houve implantação de novas linhas com veículos adaptados como Sta. Cândida / Q. Barras para atender o Hospital Angelina Caron, mais a Ferrari / Hospital do Rocio que irá levar pacientes e funcionários até o Hospital do Rocio.

A portaria tem como finalidade adequar o Regulamento do Sistema de Bilhetagem Eletrônica Metropolitana às normas previstas no Estatuto da Pessoa com Deficiência do Estado do Paraná (Lei Estadual n.º 18.419/2015), e além de alterar o prazo de validade dos cartões, fará correções de nomenclaturas e tornará dispensada a apresentação de laudo médico nos casos de pessoas com deficiência permanente. A alteração do prazo passará a valer apenas para novos cartões. Os cartões atuais continuam tendo a mesma validade da data da emissão.

PautaSJP.com e informações da Comec

Compartilhe esta notícia no Facebook: