Clientes da Billions Investimentos, operadora de SJP, acusam fraude e prejuízo de milhões


Empresa denunciada na Delegacia de Crimes Contra Consumidor, que prometia 14% ao mês, publicou nota que pagará investidores em 24 vezes

Blog Single O endereço na Rua Barão do Cerro Azul agora está para alugar. Corretores davam aulas online de como investir.
Depois de operar um ano com retorno de aplicações financeiras, incluindo, em alguns casos, lucro de até 14% na Bolsa de Valores, a Billions Investimentos comunicou aos clientes que paralisou as atividades e vai honrar os compromissos, mas, em 24 vezes e pagamento de 1%. Várias pessoas, como dezenas de investidores de São José dos Pinhais, foram nesta semana prestar queixa em Curitiba na Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor (Delcon).

“A investigação está no início, com a apresentação dos contratos e depoimentos de quem teria tido prejuízos de 30 mil a quantias de até 200 mil”, fala o delegado Adriano Chohfi.

Segundo uma fonte ouvida pela reportagem, que preferiu não se identificar, nos primeiros aportes, realmente caiu na conta dos clientes o lucro tratado com os representantes da Billions Investimentos, porém, já no fim de dezembro os contatos foram rareando, e houve até mesmo a exclusão dos vários vídeos em que os assessores do mercado financeiro explicavam as vantagens de contratar os serviços da Billions.

“Foi mais ou menos um ano de operação em que tudo parecia ok, mas veio a falta de respostas do que investimos e apareceu essa nota da empresa dizendo que para assegurar o que foi aplicado vai pagar em dois anos. Somente em um grupo de whats, que formamos, são mais de 500 clientes que provavelmente ficarão sem nada”, diz a fonte investidora, que além do CNPJ da empresa incluiu os representantes Luis Fernando Paes e Fernando Duarte Alves na denúncia.


Day Trading
A Billions Investimentos, além de operação na Bolsa, tem um formato de trabalho em rede para adesão de novos investimentos, de forma que para cada contrato, via indicação, os clientes mais antigos recebem comissionamento.

Uma das estratégias de angariação é apresentar contratos com empresários famosos na cidade. “Eles mostram os nomes de alguns para convencer os outros. Uma linha de investigação que passamos para a polícia, e que caracterizaria estelionato, é a aquisição recente de uma filial de emissora de televisão no Mato Grosso, em Barra do Garça, com o nosso dinheiro”, aponta a fonte.

Nota da empresa Billions Investimentos
“A Billions Investimentos LTDA informa que está celebrando acordos de pagamentos a todos os seus investidores em razão da suspensão temporária dos rendimentos. A suspensão se deu por conta de uma auditoria interna na empresa com o objetivo de proteger o capital dos investidores. Canais de comunicação já foram abertos para atender os investidores e os pagamentos serão retomados no dia 20 de maio deste ano em 24 parcelas corrigidas com juros mensais de 1% sobre o saldo real de cada investidor. Essa foi à forma encontrada pela Billions Investimentos LTDA de não somente honrar seus compromissos, como oferecer rendimentos aos seus investidores neste período. A Billions Investimentos LTDA lembra ainda que o hall de investidores que obtiveram ganhos expressivos com a carteira de investimentos Billions é relevante no mercado financeiro.


Segunda empresa investigada
Em pouco tempo, é a segunda empresa com negócios em São José dos Pinhais investigada pela polícia. Há três meses, donos da Wolf Trade Club, que oferecia investimentos com retornos financeiros de 30% de lucro em três meses, foram presos por não pagarem os clientes.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: