Comércio de SJP reabre amanhã (24) com obrigação de máscaras também nas ruas


Mas atividades comerciais de lazer, como bares e passeios em parques, além de missas e cultos, continuam impedidas neste período de coronavírus

Blog Single Novo decreto está disponível no Diário Oficial (acesse o link na reportagem)
A Prefeitura de São José dos Pinhais, em acordo com a Câmara de Vereadores e Associação Empresarial (Aciap), lançou ontem (22) novo decreto (nº 3796) que permite funcionamento de comércio considerado não essencial a partir de amanhã (24), como lojas de roupas. Porém, neste período de coronavírus, os estabelecimentos somente ficarão abertos se empregarem ações já estabelecidas na permissão do que é praticado no comércio considerado essencial (decreto nº 3.782 - 20 de março), como as farmácias e supermercados. Os locais só poderão abrir com clientes e funcionários de máscaras, incluindo diminuição de horário e outras atitudes em dispor álcool gel na chegada e saída da clientela, luvas para quem manipula cartões e dinheiro, e o distanciamento mínimo dentro e fora. Ainda segundo o decreto, obrigatoriedade de utilização de máscaras nas ruas e ônibus. A medida segue o que foi promulgado pela Prefeitura de Curitiba para a última sexta (17).

Decreto n° 3.795, de 22 de abril de 2020 em edição extraordinária


18 casos em São José dos Pinhais
Até ontem (22), segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o Paraná somou 1.063 pacientes confirmados e 58 óbitos pela doença. O número de pessoas recuperadas chega a 502, somando Curitiba e os demais municípios paranaenses. Os novos casos são de 20 mulheres e 18 homens confirmados nas últimas 24 horas. Atualmente, há casos de pacientes em 111 municípios do Estado. Quanto a São José dos Pinhais, o mapa de monitoramento da Prefeitura mostra nenhuma morte, um caso confirmado aguardando dados do paciente, mais 17 casos confirmados (12 mulheres e 05 homens), média de idade de 38 anos, sendo que 12 se recuperaram, 03 estão em isolamento domiciliar e 02 internados.

O presidente da Aciap, Sidnei Nascimento, por meio das redes sociais, agradeceu que as reivindicações de abertura com novos protocolos de segurança foram atendidas. “O comércio tem grande participação na economia de São José dos Pinhais”, resumiu Sidnei Nascimento.


O que continua impedido de funcionar
Art. 3º Excetuam-se do disposto no artigo anterior, por tempo indeterminado, o funcionamento dos seguintes serviços e atividades:
I – casas noturnas, bares, pubs, lounges, tabacarias, boates e similares;
II – academias de ginástica, natação e esportes em geral;
III – teatros, cinemas e demais casas de eventos;
IV – autoescolas, escolas de música, artes, línguas e congêneres;
V – clubes, parques, associações recreativas e afins, áreas comuns, playground, salões de festas, piscinas e academias em condomínios;
VI – shoppings centers;
VII – cultos religiosos;
VIII – serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas;


Atual regulamentação e anteriores
Trata-se da terceira regulamentação em São José dos Pinhais direcionada ao combate à pandemia do Covid-19.

Decreto são-joseense anterior 02/02 (nº 3.782 - 08 de abril)
Trata principalmente de medida complementar ao funcionamento dos serviços e atividades consideradas essenciais e os processos de higienização, espaçamento entre as pessoas, atendimentos prioritários, equipamentos de proteção e demais itens que minimizem possível contágio pelo coronavírus. Os estabelecimentos comerciais considerados não essenciais, como lojas de roupas, e centros comerciais, como shoppings, continuavam impedidos.

Decreto são-joseense anterior 01/02 (nº 3.782 - 20 de março)
São José dos Pinhais passou a não permitir o funcionamento das atividades comerciais consideradas não essenciais, por meio de decreto em Situação de Emergência. Proibição de circulação e, consequentemente, o fechamento de áreas comuns como missas e cultos em igrejas, shopping, festas e eventos em geral, incluindo passeio no Parque São José dos Pinhais.

1º decreto são-joseense coronavírus (nº 3.726 - 17 de março)
Suspensão das aulas da rede municipal e todos os eventos públicos da Prefeitura e atendimento à população nas atividades esportivas e culturais como teatros e museus, além de não recebimento de público nas secretarias.


Unidade reformada ficou específica de atendimento coronavírus
A Unidade de Atendimento Avançado Rui Barbosa, na avenida Rui Barbosa nº 10471, foi recentemente reformada pela Prefeitura de São José dos Pinhais, e passa a atender com exclusividade pessoas com suspeita de coronavírus, todos os dias, das 7h às 24h.

“Teremos leitos de emergências, leitos de observação, leitos de isolamento e uma central de triagem para os casos de síndromes respiratórias”, diz o prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon.

O paciente com sintomas de síndromes respiratórias deve seguir até o local para a avaliação e se precisar testagem rápida. “Todas as síndromes respiratórias vão vir para cá e serão triadas por médicos, enfermeiros, assistentes sociais, que vão dar o destino correto para o paciente. Haverá isolamento em casa, de 7 a 14 dias, caso seja caso leve”, explica a secretária de Saúde, Débora Chemin

Os casos mais graves serão estabilizados na Unidade de Atendimento Avançado Rui Barbosa, para posteriormente serem encaminhados para os leitos do Hospital São José, que já estão preparados e isolados.

Para os casos suspeitos mais leves, a indicação é o atendimento via telefone pelo número (41) 3381-6388 ou Whatsapp pelo (41) 98508-0364.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: