Lote irregular é investigado na região da Colônia Castelhanos


Servidores da Fiscalização e Guarda Ambiental de São José dos Pinhais impediram desmatamento em chácara. Possível proprietário responderá na área criminal e civil.

Blog Single Blitz Ambiental ocorreu na última sexta (08) a cerca de 60 km do centro de SJP (montagem fotos Pref.SJP)
O loteamento irregular é uma ameaça aos recursos hídricos e outros meios naturais e frágeis como a fauna e flora. Na última sexta-feira (08), a Secretaria de Meio Ambiente de São José dos Pinhais e a Guarda Ambiental da Guarda Municipal fiscalizaram uma chácara na Colônia Santos Andrade, região da Colônia Castelhanos, por loteamento e desmatamento irregular.

A obra, e uso de uma escavadeira hidráulica, sem autorização, abriu estrada clandestina na área de preservação permanente APA de Guaratuba em bioma são-joseense de Mata Atlântica. Um homem se identificou como dono do local e apresentou documentos de que teria comprado recentemente a área, entre outros registros que terão que ser mostrados após a notificação e impedimento de continuidade de movimentação do solo. O procedimento também foi estendido para a empresa proprietária da escavadeira.

Os notificados foram encaminhados para a delegacia da Polícia Civil, onde o delegado titular Fábio Machado abriu investigação de crime ambiental, que prevê pena por corte de vegetação e loteamento irregular. Em âmbito municipal, os envolvidos responderão processo administrativo ambiental conforme Lei Municipal 67/2011.

PautaSJP.com e informações da Pref. SJP

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: