Com atraso de seis anos, Estado e Pref/SJP entregam obra da Copa 2014 na Av. Américas


Ainda falta a conclusão de duas pontes e três trincheiras na cidade. Demora já custa R$ 13 milhões a mais aos contribuintes (dados 2017).

Blog Single Representantes do Estado e Prefeitura ontem (28) na Avenida Américas
Quem trafega do bairro Boqueirão na conexão entre São José dos Pinhais e Curitiba terá, a partir de hoje (29), a parte são-joseense da Avenida Américas concluída. Foram seis anos de prazo para que as empreiteiras contratadas pelo governo do Paraná entregassem os projetos da Copa 2014 para janeiro daquele ano. A conta dos atrasos, é claro, sai da aprovação de recursos complementares pagos pelos contribuintes. O anúncio da finalização das duas trincheiras (ruas Joaquim Nabuco e Claudino dos Santos) no trecho e implantação da canaleta para o ônibus Ligeirão foi feito ontem (28) de noite pelo presidente da Comec (órgão do Estado para assuntos metropolitanos) Gilson Santos e o prefeito Toninho Fenelon.

Mas, outras cinco grandes obras ainda estão inconclusas na cidade, como proposta de melhoria do Corredor Aeroporto-Rodoferroviária pelas Avenidas Torres e Américas cujos atrasos somarão R$ 13 milhões a mais (dados de 2017 da Comec). Os recursos iniciais do governo federal eram de R$ 47 milhões com aplicação nas obras pelo governo do Paraná e fiscalização da Prefeitura de São José dos Pinhais.


Ainda em atraso
1 - trincheira da Rua Arapongas (Igreja São Cristóvão);
2 - trincheira do Aeroporto Afonso Pena;
3 – novas pistas de rolagem da Avenida Comendador Franco em cima da Avenida Rui Barbosa;
4 – ponte entre a Avenida Salgado Filho e o Parque São José;
5 - ainda inconclusa obra de trincheira para pedestres e ciclistas na altura do Portal São José dos Pinhais, por baixo da Avenida das Torres, ligando o Parque Linear do Rio Ressaca ao Parque São José.


Concluído até o mês de julho de 2020
1 - Trecho Corredor Marechal Floriano com a requalificação da ponte entre São José e o bairro Boqueirão incluindo os dois quilômetros da Avenida das Américas;
2 - Trincheira na Avenida Comendador Franco na Rua Arlindo Costa como binário da trincheira da São Cristovão.


Histórico de obras desde janeiro de 2013
18 meses antes da Copa 2014 começaram as obras para melhorar o acesso de Curitiba pelas avenidas Torres (Comendador Franco) e Américas (continuação da Avenida Marechal Floriano) em direção ao Aeroporto Internacional Afonso Pena.
O trecho são-joseense por estas duas vias já consumou em recursos federais (PAC Mobilidade), aplicados pelo governo do Paraná, R$ 45 milhões, segundo a Coordenadoria Metropolitana (Comec).
Após falência da empreiteira licitada Empo, que entregou parcialmente a parte de cima de seis trincheiras, sendo cinco novas, o Estado divulgou em 2017 nova licitação cujo orçamento de finalização dos projetos era um acréscimo de R$ 13 milhões. A previsão em 2012 era um investimento de teto de R$ 47 milhões, e o novo total previsto na época de R$ 58 milhões.


O que disseram os representantes do poder público
“Quando assumi como prefeito, firmei o compromisso com a população que iria buscar junto ao Governo do Estado a retomada desta obra. E hoje entregamos essa obra de grande porte completa para a população”, falou o prefeito Toninho Fenelon. “Uma obra emblemática que nos empenhamos para entregar para a população de São José dos Pinhais, com o usuário do transporte público ganhando mais agilidade no trajeto para Curitiba”, acrescentou Gilson Santos, presidente da Comec.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: