Eleições 2020


Ata da Convenção Virtual da Comissão Provisória Municipal da REDE Sustentabilidade do Município de CURITIBA

Blog Single
Aos doze dias do mês de setembro do ano de 2020, às. 20 horas, a partir de
terminal de computador utilizado pela Comissão Provisória Municipal da REDE
SUSTENTABILIDADE, situado Rua Carlos Augusto Cornelsen, n.º 217 – Bom
Retiro, Curitiba-PR, iniciou-se a transmissão da Convenção Municipal da REDE
SUSTENTABILIDADE no Município de Curitiba, com a presença da maioria dos
convencionais, sob a presidência do Senhor(a) Sérgio Marangoni Alves, PortaVoz (Presidente), que convidou a mim Edson Maia Villela Filho para secretariar
os trabalhos. A convenção ocorre pelo aplicativo de conversas e videoconferências
denominado ZOOM, por intermédio do seguinte link de acesso:
https://us02web.zoom.us/j/84152777865?pwd=bUc3eC80TkIxNzRHUWQ1ZTMwNy96d
z09, ferramenta esta que a agremiação entendeu mais adequada, nos termos do art. 1º,
par. único, da Res. 23.623/TSE. A convenção ocorre de modo virtual em razão do
previsto no art. 1º, par. 3º, inciso III, da EC 107/2020. O Sr. Presidente questionou se
todos estavam ouvindo e conseguiam acompanhar a convenção, testando, inclusive a
receptividade, pela mesa condutora dos trabalhos, de manifestações dos filiados,
confirmando, desta forma, a efetiva possibilidade de participação e deliberação virtual.
O Sr. Presidente, em seguida, declarou instalados e abertos os trabalhos da
presente Convenção Municipal e determinou a leitura do Edital de Convocação
dos convencionais. O mencionado Edital, datado de 28 do mês de agosto de 2020,
foi publicado nos termos das normas estatutárias e da legislação eleitoral vigente,
no Jornal “Bem Paranᔠe na Câmara de Vereadores de Curitiba, publicado no dia
28 do mês agosto e 2020, bem como no edital do Cartório Eleitoral, com a
seguinte ORDEM DO DIA: 1) Deliberação sobre coligações para composição de
chapa majoritária para a Prefeitura Municipal; 2) Deliberação sobre a indicação
do candidato a Prefeito e vice-Prefeito pelo partido, ou indicação do cargo de
Prefeito e/ou Vice Prefeito do Município; 3) Escolha do nome da coligação, caso
o partido não concorra isoladamente; 4) Escolha da chapa de candidatos a
vereadores; 5) Deliberação sobre os nomes e números dos candidatos a
vereadores(as), e realização de sorteio, caso haja mais de um candidato
escolhendo um mesmo número; 6) Designação de um representante, que terá
atribuições equivalentes às de presidente de partido político no trato dos
interesses e na representação da eventual coligação no que se refere ao processo
eleitoral, bem como a designação de delegados, na forma do art. 5º da Res.
23.609/TSE; 7) Delegação de poderes à Comissão Executiva Municipal para
celebrar coligações com outros partidos (eleição majoritária), para homologar,
substituir, acrescentar ou suprimir nomes à chapa de candidatos às eleições
majoritárias e proporcionais, para modificar o nome de coligação, bem como
outorgar os poderes necessários para garantir a plena atuação do partido, da
coligação e de seus candidatos no processo eleitoral;

Acesse o link para a continuidade da Ata da Convenção Virtual da Comissão Provisória Municipal da REDE Sustentabilidade do Município de CURITIBA

Compartilhe esta notícia no Facebook: