Sete nomes a prefeito de SJP oficializados para a eleição 2020


Como em 2008, Grupo Setim-Buhrer-Toninho-Meyer vai às urnas rachado. Assis Pereira, candidato a vice de Nina Singer, faz parte do racha e foi a principal novidade na nova ruptura do tradicional quarteto político.

Blog Single Os candidatos oficiais até agora: Nina; Ivan; Marcelo; Sylvio, Toninho; Marinho e Adilson (sentido horário)
Se a votação a prefeito de São José dos Pinhais em 2016 tinha apenas três candidatos e dois nomes que fizeram mais de 100 mil votos, a eleição de 2020, prorrogada no Brasil por causa do coronavírus, para 15 de novembro, pode apresentar uma vitória com diferença entre mil a cinco mil votos. A quantidade de candidatos, com políticos tradicionais são-joseenses, mostra que o prefeito Toninho Fenelon (Republicanos) não terá uma reeleição fácil e a mesma votação quando venceu há quatro anos, com 61.484 votos (53,31%). Toninho, na época, no PSC, se tornou o candidato em pleito municipal com maior número de confirmações na história. Ontem (15), se encerrou a maioria das convenções partidárias em uma semana de grandes novidades.

O principal adversário de Toninho mais uma vez é o ex-vereador e ex-presidente da Câmara, Sylvio Monteiro (PL), que recebeu no ano de 2016 40.157 votos (34,82%). Mas, a união inesperada de dois nomes vindos da Câmara pode alterar a balança.

Dois vereadores que até esses dias eram base de apoio ao prefeito Toninho entraram na disputa. Nina Singer (Cidadania) tem apoio de Francisco Buhrer e do filho do deputado estadual, o vice-prefeito Thiago Bührer. Ao seu lado, na chapa a vice-prefeito, o presidente da Câmara Assis Pereira (Podemos). A aproximação do vice-prefeito Thiago Bührer de Nina e Assis representa a nova rachadura de um grupo político unido desde 1996, um quarteto formado pelo deputado Buhrer, os ex-prefeitos Luiz Setim e Leopoldo Meyer mais o prefeito Toninho.

Assis é o vereador com o maior número de eleições internas ganhas no Legislativo como presidente da Casa (seis vezes). Recentemente, o professor Assis divulgou vídeo do senador Álvaro Dias (Podemos) como candidato a prefeito. Expressava sua vontade de comandar o Executivo até mesmo em panfletos distribuídos semana passada, fato que foi mudado completamente na convenção de domingo (13) quando subiu ao palco de um estacionamento perante o público, lado a lado com a empresária de postos de combustíveis Nina Singer.

A única vez que o quarteto Setim-Buhrer-Toninho-Meyer havia rachado levou o empresário Ivan Rodrigues, ex-apoiador do grupo entre 2004 e 2005, à vitória para a Prefeitura pelo PTB em 2008 e mandato de 2009 a 2012. Ivan está de volta, agora, via o PP.

O vereador professor Marcelo (REDE); o ex-procurador municipal (2013-2014), o advogado José Carlos Silva, o Marinho (Novo); o ex-secretário municipal do Trabalho (2009-2012), Adilson Stuzata (PT); e o ex-secretário de Segurança da gestão Toninho de 2017 a 2016, Adriano Mühlstedt, que tem hoje como data a ser lançado candidato, compõem os demais nomes a prefeito. Por enquanto, sete lançados mais Adriano para hoje.

Nos próximos dias, o PautaSJP.com fará novas reportagens com a atualização dos candidatos ao Executivo, incluindo os vices, vereadores e demais informações eleitorais.

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: