Sinsep realiza seminário sobre estatuto do servidor e faz manifestação na Rua XV


Temas abordados no evento foram levados ao conhecimento da população

Blog Single
Temas abordados no evento foram levados ao conhecimento da população

No último dia 13, o Sinsep realizou o seminário “Estatuto do Servidor Público: Questionamentos Necessários”. Realizado na Câmara dos Vereadores, o evento reuniu cerca de 90 participantes e abordou temas como Ambiente de Trabalho e Saúde do Servidor; Implementação dos Direitos Fundamentais dos Servidores Públicos; Volta da Licença Prêmio; Assédio Moral no Serviço Público entre outros temas de grande interesse dos servidores são-joseenses. Dentre as atividades, um grupo circense foi às ruas conscientizar a população sobre as desvantagens que os servidores têm sofrido, como os 48% de aumento salarial repassado a prefeito e secretários e ignorado na folha dos servidores.
O primeiro tema abordado, e um dos mais debatidos nos últimos dias, foi o assédio moral. Quem ministrou a palestra foi o Deputado Estadual Tadeu Veneri, que resumiu aesumiu Tadeu Veneri, que Tadeu pelo debatidos nos ac ação como “uma relação doentia dentro do ambiente de trabalho”. O tema foi muito adequado às escutas clandestinas telefônicas ocorridas na Secretaria de Segurança e no Departamento de Trânsito de São José dos Pinhais. Veneri diz que muitas vezes o assédio moral funciona como uma ferramenta para forçar o empregado a pedir demissão – claramente identificada na coação com os guardas municipais.
Outro ponto sensível do seminário foi a questão da licença prêmio. O assessor jurídico do Sinsep, Ludimar Rafanhin, explicou que tal licença não é um benefício obrigatório, mas, uma vez que se concede algum benefício extra ao servidor público, não se pode retirá-lo sem que haja outro favorecimento. Na ocasião, levou-se ao conhecimento do público que o caso está sendo encaminhado ao Poder Judiciário para pedir explicações e reaver o benefício.
Além dos esclarecimentos feitos no seminário, o Sinsep e participantes foram às ruas manifestar a insatisfação com a administração pública da cidade. Megafone, faixas e um grupo circense chamaram a atenção da população, que recebeu panfletos informativos sobre o aumento salarial de prefeito, vereadores e secretários – 77,77% maior que o concedido aos servidores. O protesto foi identificado com a frase “Queremos que a prefeitura ouça nossas reivindicações, mas não por escutas telefônicas clandestinas”.

Sindicato dos Servidores Públicos de São José dos Pinhais
Secretaria de Imprensa e Comunicação
Jornalista responsável: Loriane Fogaça
3382-6364 / 3382-1663 / 8479-1461
imprensa@sinsep.org.br

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: