TRT9ª Região prepara instalação da 3ª Vara do Trabalho de São José dos Pinhais

Blog Single
[Atualizado às 17h45] Unidade judiciária do Tribunal Regional do Trabalho atende mais oito municípios da região


O Poder Judiciário do Paraná marcou para o dia 18 de fevereiro, às 16h, a instalação da 3ª Vara do Trabalho de São José dos Pinhais, que abrange mais sete cidades, sendo Agudos do Sul, Campo do Tenente, Fazenda Rio Grande, Mandirituba, Piên, Quitandinha, Rio Negro e Tijucas do Sul

Segundo a assessoria de imprensa da 9ª Região, a unidade judiciária será a 21ª das 25 autorizadas pela Lei 10.770/2003 para o Estado, que passa a contar com 82 Varas de Trabalho.

O projeto também prevê para São José dos Pinhais a ampliação do Fórum do Trabalho com o objetivo de melhorar a estrutura de funcionamento das outras duas varas, inauguradas dia 15 de dezembro de 1993, e 19 de outubro de 2006, respectivamente.

De acordo com a Administração do TRT-PR, a 3ª Vara do Trabalho vai atender o aumento da demanda processual em São José dos Pinhais que anualmente recebe cerca de 4 mil novas reclamações trabalhistas. Foram investidos R$ 303,5 mil na obra com recursos próprios do tribunal. A Vara do Trabalho de São José dos Pinhais funciona na Rua das Nações Unidas, 1.101, bairro Cidade Jardim.


Ponta Grossa
O Poder Judiciário do Paraná oficializou na última sexta-feira (30), em Ponta Grossa, a instalação do Fórum da Justiça do Trabalho, no Centro Judiciário da cidade, entre as ruas Ermelino de Leão e Maria Rita Perpétua da Cruz, onde futuramente também funcionarão outros órgãos da Justiça e do Ministério Público.

A Secretaria Administrativa do TRT realizou estudo de ocupação preliminar. O projeto de Ponta Grossa terá como base o do Fórum de Maringá, que está em construção. A partir desse estudo será elaborado um anteprojeto seguido dos planos complementares que permitirão licitar a obra. "O custo estimado da construção será levantado após a finalização do projeto", informou a presidente do Tribunal, desembargadora Rosalie Michaele Bacila Batista.

Para o prefeito de Ponta Grossa, Pedro Wosgrau Filho, o lançamento significa o início da realização de um pedido da sociedade. "A comunidade de Ponta Grossa, juntamente com os esforços empreendidos pela Ordem dos Advogados do Brasil, tem reivindicado novas instalações e a construção do prédio da Justiça do Trabalho vem selar essa realidade no Centro Judiciário", ressaltou.

Números
No ano passado, as três Varas do Trabalho de Ponta Grossa receberam 5.850 novos processos trabalhistas, uma média de 1.950 processos por Vara. Em 2007, o número foi de 5.558 novos processos. "Para atender à crescente demanda de ações trabalhistas na região e melhorar a qualidade de atendimento à população princesina, é preciso um prédio com condições para abrigar novas Varas do Trabalho, seus magistrados, servidores, advogados. A edificação atenderá bem essa necessidade", explicou a presidente do TRT-PR.

A Justiça do Trabalho vai ocupar mais de 12 mil metros quadrados, dos 27 mil metros quadrados do Centro Judiciário. O prédio, que se prevê finalizado em 2012, deverá ter 8.500 metros quadrados de área construída.

O local terá auditório, espaço destinado à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), restaurante, dois bancos, e a estrutura para o funcionamento das três Varas do Trabalho constituídas. Segundo a Secretaria Administrativa do Tribunal Regional do Trabalho do Estado o custo estimado da construção será divulgado após a finalização do projeto.

[PautaSJP.com e informações do TRT9ª Região-PR]

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: