Banco do Brasil amplia para US$ 50 mil limite de crédito a pequenos exportadores

Blog Single
Banco abre a possibilidade de uso do cartão de crédito para pagamento das transações feitas através do Balcão de Comércio Exterior

Banco do Brasil anunciou dia 12, na bolsa de negócios de moda Fashion Business, que vai ampliar em 150% o limite máximo de crédito, por embarque, nas operações efetuadas através de seus balcões de comércio exterior.
Com isso, o limite passa de US$ 20 mil para US$ 50 mil por embarque. A medida se insere na nova política de desenvolvimento produtivo, lançada pelo governo federal este ano e se aplica às operações de câmbio simplificado contempladas pelo banco.
A expectativa é que haja aumento no volume de negócios realizados no evento e mesmo depois, afirmou hoje a gerente de Negócios Internacionais da Gerência de Comércio Exterior (Gecex) do BB no Rio de Janeiro, Rita de Cássia Muniz Alves. “Aumentando agora [o limite] para US$ 50 mil por operação, vai haver um incremento bom aí”, disse.
Além disso, o BB passou a oferecer a seus clientes a alternativa de operar com euros, além do dólar, tendo em vista a desvalorização da moeda norte-americana frente o real. “Essa nova opção é para o empresário poder se precaver e formar o seu preço já em euro”, explicou.
Rita de Cássia Alves destacou ainda que, em paralelo ao programa de balcões, o cliente do BB tem opção de realizar uma operação conhecida no jargão econômico como hedge cambial, uma espécie de proteção financeira que permite ao empresário estipular uma taxa de câmbio para resguardar o seu ganho financeiro em relação à formação do preço que ele dá aos seus clientes.
A gerente do Gecex afirmou que essa ferramenta oferece aos usuários uma precaução contra oscilações da moeda em relação ao momento em que eles irão receber os recursos dos clientes estrangeiros.
O BB está abrindo também a possibilidade de uso do cartão de crédito para pagamento das transações feitas através do Balcão de Comércio Exterior. O exportador brasileiro receberá o resultado das exportações em reais. A conversão da moeda e o crédito na conta do exportador serão feitos pela administradora dos cartões.
“É uma comodidade para o empresário brasileiro e uma facilidade também para o comprador estrangeiro. Isso permite que sejam feitos pequenos negócios”, observou Rita de Cássia. Ela esclareceu ainda que, no momento, o pagamento com o cartão só pode ser feito em dólar, mas que em breve as ofertas poderão ser feitas em euro.
Desde sua criação, em 2003, o Balcão de Comércio Exterior do BB já realizou 4.968 operações de exportação para pequenas empresas, das quais 514 transações foram registradas no estado do Rio de Janeiro. Em valor, isso representou a entrada de divisas no país de cerca de US$ 19,85 milhões, sendo US$ 2,38 milhões para o estado.
O Balcão de Comércio Exterior funciona no site trade.bb.com.br e se destina a empresas de pequeno porte que querem se lançar no comércio internacional de um modo mais direto e facilitado, sem burocracia. Não há necessidade de despachantes, nem de trâmites junto à Receita Federal, por exemplo.


Compartilhe esta notícia no Facebook: