Pessoas com medo da gripe A lotam postos de saúde

Blog Single
Prefeitura adapta casa, criando novo posto para atender casos suspeitos

O medo da anunciada pandemia pela Influenza H1N1 (gripe A) tem gerado certo desconforto, e até pânico nos brasileiros. Aulas e atividades com grande número de pessoas foram suspensas em diversos estados e as Secretarias de Saúde têm dispensado locais específicos para o atendimento de suspeitos da nova gripe. Em São José dos Pinhais, além do SEMU, um novo posto está atendendo estes casos, porém, a Prefeitura pede cautela na hora de procurar os serviços de emergência. Muitas pessoas sem febre ou tosse (principais sintomas da gripe A) vêm procurando as Unidades de Saúde do município, ocasionando atraso nos atendimentos em geral.

Por meio de sua Assessoria de Imprensa, a Prefeitura reforça que apenas dois locais em toda cidade estão preparados e designados para o atendimento a casos suspeitos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Semu), na Rui Barbosa, e um novo Posto, no Centro, na rua Vitorino Ordine, 1586, próximo ao Hospital São José. A centralização no atendimento prevê a redução de novos contágios. Por isso, a orientação é para que pessoas com sintomas de gripe comum evitem procurar estes locais.

A Secretaria de Saúde de São José dos Pinhais ainda não divulgou o número de pessoas, tratadas no município, suspeitas de estar com a gripe A. O número oficial de casos confirmados, até ontem, era de seis infectados. Todos, segundo a Secretaria, já medicados e em suas casas. Nenhum caso de morte pela nova gripe foi confirmado na cidade.


Gripe atinge economia e lazer
A falta de números reais sobre a pandemia no Brasil acaba por dar espaço a rumores e ações de pânico. Além da suspensão da volta às aulas – apenas para tranqüilizar os pais, diz o governo – diversos setores da economia nacional já vêm sentindo os reflexos da gripe A. Com a recomendação rígida de evitar aglomerações, a população tem evitado pegar ônibus e até mesmo sair às ruas, em especial em locais fechados. Prova disso é a recente queda no movimento de bares e grandes Shoppings Center da capital.

O Shopping São José, também por meio de sua Assessoria de Imprensa, informou que o movimento no último fim de semana ficou mesmo abaixo do normal. Apesar de já esperar esta queda, o shopping diz que está seguindo as orientações do Ministério da Saúde e reforçando os serviços de higienização dos locais de uso coletivo. Panfletos de orientação e cuidados com a nova gripe também estão sendo distribuídos.

Em Curitiba, alguns bares da noite estão revendo suas agendas. A boate Café de la Musique, por exemplo, cancelou suas atividades nesta semana. A determinação, segundo a casa, veio da Vigilância Sanitária da cidade. O motivo: evitar novas transmissões do vírus da gripe A.


Precauções também no Esporte
Ontem, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de São José dos Pinhais suspendeu todas as atividades em seus Núcleos. A previsão de retorno é em 17 de agosto e a medida também é preventiva.

Também ontem, a Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS) anunciou a suspensão de todos os jogos oficias da modalidade no estado. A medida inclui as partidas do Campeonato Paranaense de Futsal - Chave Ouro.

Apesar das medidas de precaução, o Ministério da Saúde continua afirmando que a situação está sob controle e que não há motivo para pânico. O sistema público de saúde garante que está bem preparado e com estoque adequado de medicamentos. A mesma garantia é dada pela Prefeitura de São José dos Pinhais.

[PautaSJP.com – jornalista Mauren Lucrecia]

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: